O que é Tricologia?

Tricologia não é um nome tão conhecido ainda, por isso pode até acabar gerando estranheza em um primeiro momento. No entanto, está longe de ser algo recente (já era estudada desde 1902, na Inglaterra), por mais que só esteja se popularizando no país agora.

Tricologia é uma área da Dermatologia (especialidade médica voltada aos cuidados com a pele) que tem o intuito de resolver problemas capilares e do couro cabeludo. Basicamente, podemos dizer que é a ciência que estuda os cabelos.

Tratar os cabelos com cuidado vai muito além de vaidade ou preocupação com beleza e estética. Alguns distúrbios capilares podem, na verdade, ser sintomas de doenças sérias. Por isso é importante observar e estudar a saúde dos fios e do couro cabeludo.

Entre algumas dessas doenças que podem ter seus indícios manifestados através dos cabelos (em especial na queda brusca dos fios), podemos citar: anemia, anomalias na tireóide, lúpus, sífilis, entre outras.

 

Por que a tricologia é importante?

Porque, além de estudar os diversos distúrbios capilares, ela também procura encontrar soluções para problemas que afligem tantas pessoas, como a calvície, fios frágeis e quebradiços, infecções, caspa, dermatite seborreica, entre outros.

O principal problema de pacientes que buscam a tricologia é com certeza a calvície. O médico tricologista analisa a situação dele(a), vê o histórico, reconhece a causa e indica tratamentos para resolver o distúrbio.

Normalmente, as consultas dos pacientes com o médico tricologista ocorrem com os seguintes itens:

●      uma entrevista: para ter uma ideia de quando os sintomas começaram, qual é a intensidade, se mais alguém na família passa por isso, etc;

●      um exame físico:analisando os fios, o couro cabeludo e até mesmo o corpo do paciente, para obter mais informações sobre sua condição geral de saúde e como os sintomas o estão afetando internamente;

●      exames extras: dependendo dos resultados dos exames anteriores, o médico pode pedir alguns exames complementares para  detalhar ainda mais a avaliação, chegar a um diagnóstico e indicar um tratamento.

Um exame comum que os médicos tricologistas fazem é a tricoscopia, que nada mais é do que um exame do cabelo e do couro cabeludo. Além disso, também é usual que peçam um tricograma e fototricograma, que analisam o crescimento dos fios digitalmente.

 

Cuidar dos cabelos e do couro cabeludo é cuidar da saúde!

De acordo com alguns pesquisadores alemães da área de tricologia, os tampões de sebo e queratina (causados pelo excesso na produção de sebo nas glândulas sebáceas na pele) são capazes de bloquear a entrada de ativos no nosso couro cabeludo!

O que você precisa entender com essa descoberta é que ela é muito prejudicial a quem está utilizando produtos para tratar a queda ou outros problemas que precisam desses ativos.

Ir em busca da tricologia e do médico tricologista é essencial para tratar desse problema. Alguns tipos de tratamento, como o peeling do couro, a esfoliação física, o uso de shampoos de ácido Salicílico de 3% etc., podem evitar que esses tampões apareçam.

Agora que você conheceu e entendeu o que é a tricologia, assim como o porquê de ela ser tão importante para a saúde, não deixe de procurar um dermatologista especializado caso esteja sofrendo com algum dos problemas mencionados (ou outros)!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *